TAG: Senhora, senhora!!

Estive sumida nos últimos dias. Com várias resenhas pendentes e algumas ideias para crônicas, admito, mas foi uma semana agitada no trabalho e acabei com pouca disposição para chegar em casa e ainda escrever, infelizmente. E também superchateada comigo mesma porque perdi o prazo para participar do amigo oculto com as meninas do projeto Vai um Café. Mas enfim, cá estou. Cá estou a responder uma nova TAG literária! Dessa vez a indicação veio da Natália, do Only Secret Dreams, que foi indicada para essa deliciosa TAG criada pela Carolina do blog A Colecionadora de Histórias.

Embora sobre livros, a TAG foi criada inspirada pelo viral “Senhora! Senhora!” em que uma senhora se nega a responder uma pergunta feita por uma repórter. Eis as regras:

  • Responda todas as perguntas;
  • Marque seus blogs amigos;
  • Dê os créditos de criação da tag.

Perguntas:

1. Desafio! Encontre um livro com uma jornalista na história e deixe a sinopse.

“Com Vinho e Sangue”, de Janet Dailey, um dos livros que estou lendo no momento, a propósito. Sinopse:

Kelly Douglas era uma menina desajeitada na infância que cresceu na região rural de Napa Valley sob o assédio de um pai alcoólatra e violento. No entanto, aos 27 anos, havia se tornado uma mulher atraente e uma jornalista bem-sucedida de Nova York, deixando o passado completamente para trás. Ao fazer uma matéria com Katherine Rutledge, proprietária da prestigiada vinícola Rutledge Estate, Kelly conhece o neto de Katherine, Sam, um espirituoso vinicultor que se interessa por ela. Enquanto os dois começam a se envolver, um assassinato ocorre na propriedade e um dos suspeitos é o pai de Kelly. Obrigada a confrontar seu passado, ela terá que superar seus piores medos e desvendar os elos que se entrelaçam com vinho e sangue.

2. Sorria, você está sendo filmado! O livro que você está lendo no momento.

Vários! haha Fico alternando entre eles de acordo com meu humor… “As Sete Irmãs”, de Lucinda Riley; “Com Vinho e Sangue”, de Janet Dailey; “Em defesa do preconceito: a necessidade de se ter ideias pré-concebidas”, de Theodore Dalrymple; “A Águia Solitária”, de Danielle Steel; e minha atual leitura de ônibus (e por isso a mais frequente e que em breve lerão minha resenha), que é “Uma Longa Jornada”, de Nicholas Sparks <3.

3. Utilidade pública! Uma trilogia/série/saga que deveria ser de conhecimento geral

A série iniciada no magistral “A Woman of Substance” em 1979, de Barbara Taylor Bradford. Ao longo de 7 volumes, divididos em duas trilogias e mais um volume, conhecemos a saga de Emma Harte, seus pais, irmãos e descendentes, uma saga iniciada nos primeiros anos do século XX, presenciando as duas grandes guerras, traições em famílias, derrotas, vitórias, tragédias. Acima de tudo, a saga de Emma Harte é uma ode ao mérito: a moça humilde que era empregada em uma casa de campo de uma família abastada, engravidou do filho dos patrões, foi chutada do trabalho e foi à luta sozinha para sustentar a filha e com muito trabalho duro, empenho e sacrifícios construiu um império comercial, contra tudo e contra todos e contando com alguns poucos porém verdadeiros amigos e amores que conheceu ao longo dessa jornada. Enfim… Sempre me comovo muito com essa história.

PS: Ah, e os 3 primeiros livros foram produzidos como minisséries pela BBC nos anos 80.

4. Ritual sagrado! Cite um livro que você releu, e por quê.

“O Assassinato no Expresso do Oriente”, da rainha do crime Agatha Christie, pois da primeira vez que li, ao treze anos, não consegui entender bem o desfecho da história. Ao 16 entendi 100% haha Pretendo reler “E O Vento Levou”, pois é meu favorito..

5. Batendo o ponto! Um livro que você leu por obrigação, ou somente porque “estava na moda”.

Todos os livros extraclasse que o colégio me impôs guela abaixo, mas principalmente “Vidas Secas” de Graciliano Ramos, porque a professora era uma militante de extrema esquerda que me chamou de ignorante diante a turma só porque quando ela perguntou o que havíamos achado do livro e eu fui totalmente sincera e disse: horrível. A frase dela foi “Vou respeitar sua ignorância de garota educada pela cultura de massa” Diante toda a turma, na oitava série do fundamental, quando eu tinha 14 anos. Uma cretina.

6. Enrolando no bosque! Um livro que você demorou muito para terminar.

“O Morro dos Ventos Uivantes”, de Emily Brönté. Eu tinha acabado de ler “E O Vento Levou” (meu favorito ever) e ainda estava meio em abstinência e detestei a complacência que a autora parece tentar nos levar a ter pelo maníaco Heathcliff e a outra maníaca que era a primeira Cathy. A pesar disso, gostei MUITO do final da história. Foi a parte que li rápido, pois realmente o desenrolar da psicose de um dos protagonistas era algo que me prendia.

7. Pega na mentira! Cite um personagem “cara de pau”.

Eu poderia dizer que María Isabel González, de Centelha, do que pretendo que seja meu primeiro livro (e que estou revisando), é esse tipo de personagem hahaha Mas falando de uma personagem publicada, eu cito a Darcy, de “O Noivo da Minha Melhor Amiga” e “Presentes da Vida”, de Emily Giffin.

8. Cite um autor não tão conhecido que deveria ser homenageado.

Tess Gerritsen, sem dúvidas! A rainha do suspense médico! ❤

9. Profissão leitor! Um livro que você abandonou ou que te decepcionou totalmente

Estou meio decepcionada com “As Sete Irmãs”, da Lucinda Riley, pois a autora cometeu alguns pecados no desenvolvimento da história.

10. Redundância. Um livro que você considera “mais do mesmo”.

James Patterson, o “Dia da Caça”. Impossível o detetive sobreviver a tantos atentados sucessivos em situações tão insalubres. Muito fake… Muuuito fake!

11. Ninguém pode saber! Um livro da estante que você esconderia de tão precioso!

Todos, mas sobretudo minhas coleções “Delírios de Consumo de Becky Bloom”, “As Brumas de Avalon”, a saga dos Harte e “E O Vento Levou” ❤

12. Eu nunca fiz isso! Um livro que você tem vergonha de ter lido.

De ter lido algum livro eu não tenho vergonha, mas alguns textos me deram MUITA vergonha alheia, como “O Dia da caça”, já mencionado.

13. Cooorree! Um livro/ autor que você não leria de jeito nenhum.

Um livro sobre a atual e inominável mulher mandioca sapiens estocadora de vento mandatária do país escrita por um puxa-saco e com o qual eu não presentearia nem mesmo o mais veemente partidário da dita-cuja. Também não leria a série 50 tons e semelhantes; não faz meu estilo.

14. Atrás dela! Cite uma personagem determinada.

Kate Scarlett O’Hara, ou, simplesmente Scarlett O’Hara, de “E O Vento Levou”, pois…

042e4b9837c96905a0b35fcadc55854d

15. Um autor que você perseguiria até não aguentar mais! (ou seja, leria até a lista de compras).

Sophie Kinsella e Emily Giffin! ❤

Blogs que indico:

Digavando

Since 85

Os Benefícios de Beber Café

Garotas com Poder

Camila Zaions

Anúncios

8 comentários sobre “TAG: Senhora, senhora!!

  1. onlysecretdreams disse:

    Meu Deus, essa tua professora deveria ser uma cretina mesmo em hahah, imagina, falar isso? Além de sermos obrigados a ler esses livros temos ainda que aguentar professores falando para lermos e blá blá blá, também não gosto muito de ser obrigada a ler um livro, confesso. Já ouvi falar de alguns livros que você citou, mas ainda não cheguei a ler nenhum… E esse teu livro, sai até ano que vem? 💛
    Adorei tuas respostas e muito obrigada por responder :))
    Beijinhos 😘

    Curtido por 1 pessoa

    • Thaís Gualberto disse:

      Cretina é apelido para essa maluca… Essa nem foi o pior momento dela… –‘ Parece que não basta impor uma leitura, tem de impor também o gosto e a visão de mundo… E eu detesto gente assim!

      Assim, eu adoraria, mas estou muito lerda na revisão… E agora trabalhando só tenho os finais de semana para a revisão… Para publicar de fato, infelizmente, tenho de primeiro despertar o interesse de uma editora. Mas se Deus quiser, ano que vem termino a revisão e começo a mandar para editoras!

      Beijos!!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Bianca Carvalho disse:

    Meu, muita coisa pra comentar, vou por tópico!
    – tô rindo eternamente pelo nome da TAG!
    – estou revoltada com a sua professora militante. QUE VACA!
    – Sophie ❤
    – você está revisando seu livro já!! /o/ Quero!
    – eu nunca li E o vento levou.. eu assisti o filme uma vez há muitos anos, mas tudo que lembro era que tinha umas 3 horas. askdjhaskdjh

    Curtido por 1 pessoa

    • Thaís Gualberto disse:

      Eu também ri muito do nome da TAG hahaha E acho que qualquer pessoa minimamente normal ficaria revoltada com aquela criatura…

      É a revisão não oficial haha Última antes de começar a caçar uma editora…

      E o Vento Levou é lindo, intenso, complexo, angustiante e apaixonante. O filme tem 4 horas. Vi metade em cada dia, após ler o livro hahaha

      Curtir

  3. camilazaions disse:

    Meuuu, desculpe a palavra, mas que professora mais babaca! Eu ia ter vontade de dar com o livro na cara dela! Acho muito errado querer impor os alunos a lerem esses livros, são horríveis mesmo! hahaha Muito obrigada pela indicação, Thaís! Beeeijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s